A igreja de Jesus Cristo em Cuba

Cumprindo o mandamento do Senhor de ir e fazer discípulos em todo o mundo, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias chegou a ilha caribenha de Cuba, onde esta podendo demonstrar seu amor pelo Salvador por meio do evangelho restaurado.

Os filhos de Deus deste país tem recebido as verdades eternas com uma atitude madura e comprometida. Alguns membros da igreja vem transmitindo a existência da restauração do evangelho aos moradores da ilha.

Primeiros encontros oficiais

Em uma aproximação dos líderes da igreja sud, procurou-se oficializar a oportunidade de formar uma igreja em Cuba. Os meios de comunicação, tanto impressos quando digitais, já publicaram que em setembro de 2003 os encontros cordiais e amigavéis entre a presidência do Conselho de Igrejas em Cuba (CIC) e um representante da Igreja de Jesus Cristo em Cuba, aproveitaram a oportunidade para compartilhar conhecimentos e formas de adoração a Deus.

Nesta oportunidade, os líderes santos dos últimos dias conduzidos por Robert J. Whetten, do quórum dos setenta e integrada por também por William F. Atkins, da Associação Geral do Conselho, e Gregory G. Clark, acessor legal Internacional se reuniram com os principais líderes da referida comunidade evangélica.

O objetivo deste encontro era reconhecer e estabelecer comunicação com as organizações eclesiásticas e governamentais do país e assim chegar de alguma maneira, aos membros da igreja de Jesus Cristo que vieram de outros países já convertidos a fé mórmon.

O diretor do conselho da igreja de Jesus Cristo em Cuba, Reineiro Arce Valentín, juntamente com outros membros do grupo, explicaram que os líderes da igreja de Jesus Cristo em Cuba tem por objetivo realizar trabalho social. O que podia ser facilmente visto no interior de suas igrejas onde existe um organismo religioso e mostrando sua amizade e irmandade.

Pioneiros cubanos

igrja de jesus Cristo em Cuba

A igreja de Jesus Cristo em Cuba. (imagem via: LosMormones.org)

O que se vê atualmente é que existem alguns movimentos de organização por parte da igreja restaurada na ilha e uns poucos membros da igreja, pioneiros de Cuba, começaram a se reunir periodicamente. Apesar de não haver registro oficial, o primeiro ramo começou a se reunir desde 2004, isso foi possível com o apoio de funcionários do governo e o Departamento de Assuntos Religiosos.

 Somente em fevereiro de 2012, o Élder David A. Bednar, membro dos quorúm dos doze apóstolos,  pôde comparecer a ilha e oferecer uma oração dedicatória. Durante este evento sem precedentes, o Élder Bednar afirmou que a “obra de salvação e a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fincaria suas raízes na fértil terra cubana”, abençoando ao país e a sua gente.

Outro apóstolo na ilha

Posteriormente, além do ramo que havia sido inicialmente formado, surgiram dois outros grupos de membros  que também progrediram muito, no dia 15 de junho de 2014, o Élder Jeffrey R. Holland, do quórum do doze apóstolos fundou o segundo ramo da igreja de Jesus Cristo em Cuba, nesta sessão, aproximadamente 100 pessoas estavam presentes.

Segundo a informação da página oficial da igreja em lds church news, o Élder Holland foi acompanhado do Élder Doanld L. Hallstrom, da presidência dos setenta, da irmã Diane Hallstrom, o Élder Wilford W. Anderson, dos setenta e presidente da área Caribe, e a irmã Katheleen Andersen. Durante a referida conferência, o ramo de Cuba e Havana se deividiram para criar o ramo de Cotorro Cuba.

Amor fraterno

O irmão Eduardo J. Olivares Chirinos, membro da Ala Valencia-Los Sauces da Estaca Los Sauces na Venezuela, pôde contar sobre sua experiência durante as visitas realizadas a estas congregações de santos da igreja de Jesus Cristo em Cuba e expressou o carinho e amor fraterno que estes filhos do Pai Celestial tem e o desejo que possuem de compartilhar o evangelho restaurado a todos os irmãos cubanos.

O irmão Olivares contou que “um irmão cubano que esteve na Venezuela soube que lá em seu país existia uma capela, seu nome é Luís Tito Quintana ele decidiu ir até Cuba e ajudar no trabalho de salvação. Em minha visita a Cuba, nos encontramos em Havana… senti uma alegria muito grande ao ver estes irmãos reunidos em devoção ao seu Deus.

Palavras de um prioneiro

De sua parte, o irmão Luís Tito Quintana, expressou seus sentimentos em relação a visita do Élder Bednar em 2012:

“Temos boas notícias porque o evangelho restaurado está ganhando força e espaço no nosso país, a terra de Cuba foi dedicada para o evangelho pelo Élder Bednar. Compartilhamos um dia inteiro com ele e a presidência da área Caribe. O Élder Bednar visitou nossa casa antes de ir embora. Também nos autorizou a formar grupos em Santiago de Cuba e viajamos três vezes para assistir as reuniões destes grupos e realizar batismos.”

Dois anos depois da visita do Élder Bednar, o irmão Luís Tito Quintana foi chamado e apoiado como presidente do ramo Cuba de Havana, durante a conferência de ramo em que estava presente o Élder Holland em 2014. Nesta ocasião, também foi chamado e apoiado o irmão Pedro Luís Ramos Maqueira como presidente do novo ramo de Cotorro. Juntamente com os referidos ramos, a obra de salvação em Cuba segue avançando no grupo de Palma Soriano em Santiago de Cuba.

Fotos Cortesia: Presidente Luís Tito Quintana.


Artigo original publicado em LosMormones.org em Julho de 2014. (aqui) por Isaac Ângulo. Tradução feita ao português por Leilyanna da Penha.

(Visited 371 times, 1 visits today)