Os mórmons respeitam o Papa Francisco

O Papa Francisco, líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana visitou alguns países na América Latina e esteve em uma visita oficial também no México.

Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ou mórmons sob uma de suas Regras de Fé diz:

“Se houver alguma coisa virtuosa, amável, de boa fama ou louvável, nós a procuraremos” (13ª Regra de Fé).

Vemos o trabalho que o Papa Francisco vem fazendo não só na América Latina, mas no mundo, como uma influência positiva e unificadora  nas áreas católicas de todo o mundo cristão.

Os mórmons sempre têm buscado um diálogo com outras igrejas e no caso dos irmãos católicos a relação  tem uma larga história. Mesmo que  nossas crenças se  diferenciem acentuadamente em alguns aspectos da teologia e doutrina, nada nos impede de fazer o que o nosso Salvador nos ensinou: amar uns aos outros.

Estas são 3 razões pelas quais os mórmons respeitam o Papa Francisco:

1.Sua mensagem unificadora

Papa Francisco

A mensagem de Gordon B. Hinckley pode ser usada para ajudar a compreender a relação dos mórmons com o Papa Francisco (imagem via: Church History)

Gordon B.Hinckley,(1910-2008) décimo quinto Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ensinava que a mensagem restaurada de Jesus Cristo poderia unir as pessoas. Em um de seus discursos dias depois dos ataques as Torres Gêmeas, pediu aos fiéis para unirem-se e não perseguirem  os que acreditam em coisas diferentes, dirigiu ajuda humanitária aos muçulmanos e lhes ofereceu todos seu amor e apoio, assim como respeito por suas crenças.

A personalidade e a mensagem do Papa Francisco é muito familiar para os mórmons, como por exemplo, o apelo pelo respeito e pela unificação com os irmãos que vivem em paz e amam uns aos outros.

2.Sua mensagem de humildade e simplicidade

Se existe alguma característica particular em a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ou mórmons é a humildade e simplicidade  desta religião.

Não existem mórmons pagos, todos realizam seus serviços para a Igreja de forma voluntária. Os edifícios e templos da Igreja mesmo quando eles são construções imponentes, se caracterizam por ofertar uma mensagem de simplicidade, paz e respeito ao Senhor.

Um bispo mórmon além de liderar uma congregação, tem um trabalho separado para sustentar a si e sua família. Papa Francisco muitas vezes preferiu ignorar os protocolos estabelecidos por anos, para estar mais perto de seus paroquianos.

Ele tem preferido manter  e seguir uma vida humilde fora dos luxos que poderia desfrutar pelo cargo que tem. Nos templos mórmons todos se vestem de branco simbolizando a pureza e igualdade perante o Senhor, assim, por exemplo, alguém de algum alto cargo da Igreja estará vestido de forma igual a um membro comum.

3.Jesus Cristo é o centro de tudo

Jesus CristoEnquanto o Papa Francisco tem uma grande influência na política internacional, economia e temas sociais, ele sempre tem dado ênfase e convidou- nos a não nos esquecermos  que a sua mensagem é proclamar Jesus como o Salvador do mundo.

Mórmons sempre têm testificado de Jesus como o Cristo, o unigênito  de nosso Pai. Toda a doutrina da Igreja se centraliza Nele e por isso o nome da Igreja define de forma clara a quem proclama a Igreja de Jesus Cristo.


Bibliografia

Esse artigo foi escrito originalmente em espanhol, por Isaac Ângulo. Você pode acessá-lo em sua versão em espanhol por (aqui) . Traduzido para o português por Inaê Leandro.

(Visited 274 times, 1 visits today)