Porque Tudo Vai Dar Certo

Guerras. Rumores de Guerra. Ódio. Pobreza. Perturbações em nossas famílias. Valores morais inconstantes na sociedade. Um sentimento de trevas contínuo.

Há muitas coisas que nos dão medo nesse mundo que parece ficar cada dia mais sombrio e complicado. E enquanto não devemos subestimar os problemas e complexidades de nosso dia-a-dia, não devemos também deixar que eles nos paralisem de medo. Sobre algumas coisas temos controle. Sobre outras, não. Mas há um antídoto para o medo, e isso requer que escolhamos estar com Deus todo dia.

Seja Otimista

O Presidente Gordon B. Hinckley era conhecido por seu otimismo. Alguns de seus ensinamentos mais memoráveis, durante seu apostolado, giravam em torno de sua crença de que precisamos “parar de procurar as tempestades e aproveitar melhor a luz do sol.”

Esse é um homem que viveu durante a Grande Depressão, duas Guerras Mundiais, o período da Guerra do Vietnam, turbulências políticas, os ataques de 11 de Setembro, e muito mais, e podemos aprender uma coisa ou outra com o seu otimismo e de onde ele vem.

“Já vi muita coisa nessa terra. Estive em áreas em que a guerra se enfurece e o ódio cresce no coração das pessoas. Tenho visto a apavorante pobreza que paira sobre muitos lugares. … Tenho visto de forma alarmante o desintegramento dos valores morais de nossa sociedade.”

“E ainda assim eu sou otimista. Eu tenho uma fé simples e solene de que o certo triunfará e que a verdade prevalecerá.”

Nosso otimismo pode ser mais do que simplesmente uma atitude positiva. Ela pode ser como o otimismo do Presidente Hinckley – poderoso, vindo profundamente de nosso interior, e enraizado numa fé e confiança firmes em Deus.

“Não é tão ruim quanto parece. Tudo vai dar certo. Não se preocupe. Eu digo isso a mim mesmo todas as manhãs,” ensinou o Presidente Hinckley. “Se você fizer o seu melhor, tudo vai dar certo. Confia no Senhor, e segue em frente com fé e confiança no futuro. O Senhor não nos desamparará.”

Tudo vai dar certo sol

Primeiro Agir com Fé

Não podemos ver o futuro. É isso que faz o desconhecido tão assustador. Algumas vezes nos ater ao que sabemos, àquilo com que estamos confortáveis, ao que podemos ver, parece, na vida, a melhor aposta. Mas não é dessa forma que o Senhor espera que cresçamos. Nessa vida, algumas vezes precisaremos dar um salto de fé, principalmente no que tange à vencer nossos medos.

“O homem e a mulher naturais acreditam que não tem como dar esse passo. Não tem como eu ir no escuro sem que tenha uma luz que me faça ver onde estou indo,” ensinou o Elder David A. Bednar no video “Being an Agent of Act.”

Mas agir primeiro é um requisito da fé.

“Na maioria das vezes pensamos ‘Bem, dê-me poder e depois agirei,’” disse o Elder Bednar. “Mas o Evangelho do Salvador nos ensina que primeiro agimos e só depois vem o poder. Não sabemos aonde ir. Não sabemos o que fazer, mas minha confiança no Senhor me capacita a agir.”

Ao agirmos, Jesus Cristo nos abençoa com Seu poder. Nossa fé Nele cresce, nossa confiança aumenta, e então podemos passar pelas difíceis circunstâncias da vida sabendo que não estaremos sozinhos e que sempre teremos Sua ajuda.

Vencer o medo requer o poder divino, e alcançamos esse poder quando decidimos primeiro agir com fé.

Olhar ao Além

Os medos fazem parte de nossa experiência mortal. Nós nunca vamos nos livrar deles de vez. Mas ter a perspectiva correta pode nos ajudar a vencê-los a medida que vivemos com uma noção correta de onde queremos chegar.

Guerra, terror, doenças debilitantes, morte. O medo dessas coisas pode nos paralisar se não tivermos uma perspectiva e um conhecimento eternos de que essa vida mortal é apenas um momento em nossa existência. Mas sabemos, pelo Evangelho de Jesus Cristo, que a morte não é o fim. Os relacionamentos familiares podem continuar para sempre. Você pode se tornar tudo aquilo que Deus espera de você nessa vida e na próxima.

A expiação de Jesus Cristo nos dá esperança.

Quando você vê a vida com uma visão à distância, com lentes eternas, nenhum medo com que lidamos na mortalidade vai parecer invencível. A Expiação de Jesus Cristo nos dá esperança. Ela nos dá o poder de saber que podemos vencer Satanás, lutar contra as trevas da mortalidade, romper as ligaduras da morte e, finalmente, tornar-nos como nosso Pai Celestial nas mansões celestes.

Há muito mais nessa vida do que podemos ver na nossa frente. Escolher viver com essa visão ampliada nos ajuda a impedir que esses medos mortais tomem conta de nossa vida e nos permite que mais plenamente vivamos pela fé.

Sirva Outro Alguém

Quando somos paralisados pelo medo, pelos desapontamentos, e pelos erros que ocorrem devido à mortalidade, é fácil nos sentirmos justificados em focar em nós mesmos.

Mas o poder espiritual para vencer o medo não vem de autocomiseração e inatividade. Vem por meio da atividade e geralmente quando olhamos para fora de nós mesmos.

O Elder Gary E. Stevenson compartilhou a história de como sua esposa ensinou esse princípio enquanto presidiam a Missão Japão Nagoya.

Quando os missionários se achegavam a eles com seus medos e dúvidas, a Sister Stevenson colocava a “terapia de cookies” em prática. Ela lhes dava os ingredientes e as instruções para fazer uma receita de cookie toda manhã. Então, ela lhes pedia que todo dia dessem os cookies a alguém que precisasse deles. Apesar da simplicidade da “terapia de cookies”, ela teve um grande sucesso.

O Élder Stevenson dizia várias vezes que o ato de pensar em outra pessoa curava os missionários de seus medos.

“O brilho quente e dourado que acompanha o serviço e o altruísmo têm o poder de dissipar as dúvidas e os medos”

Amassando massa de pão

Imagem via LDS.org.

Voltando ao conselho otimista do Presidente Hinckley:

Não é tão ruim quanto parece.
Tudo dá certo. Não se preocupe. …
O Senhor não nos desamparará.
Ele não nos desamparará.
Se confiarmos Nele,
se orarmos a Ele,
se vivermos dignos de Suas bençãos,
Ele ouvirá nossas orações.

Deus não quer que falhemos. Por causa de Jesus Cristo, nenhuma falha é final. Nenhum medo nessa mortalidade precisa nos imobilizar. A fé pode vencer o medo. E se confiarmos nisso, podemos seguir em frente sabendo que no final “tudo dará certo.”

Artigo original no site LDS.org. Traduzido por Nathan Kutomi.

(Visited 485 times, 1 visits today)