A Igreja anunciou mudanças para reuniões do Sacerdócio de Melquisedeque e da Sociedade de Socorro para 2018 que afetam não só os materiais que os adultos vão estudar, mas também como eles usam o tempo enquanto estão reunidos para fazer a obra do Senhor.

Uma carta de 25 de agosto da primeira Presidência anunciou que os novos materiais — Vem, e Segue-Me — Para as Reuniões do Sacerdócio de Melquisedeque e da Sociedade de Socorro — para 2018 darão ênfase nos ensinamentos da conferência geral e no ato de reunir-se em conselho.

Parecido com o “Currículo Vem, e Segue-Me” para os Jovens que foi implementado em 2013, os materiais incentivam os líderes da Sociedade de Socorro e do Sacerdócio de Melquisedeque a utilizar a abordagem de aprendizado e ensino do manual Ensinar à Maneira do Salvador (ver teaching.lds.org). Além disso, os novos materiais também enfatizam:

  • Os ensinamentos contidos nas mensagens da conferência geral.
  • O estudo de tópicos especiais selecionados semestralmente pelos líderes gerais da Igreja.
  • O ato de reunir-se em conselho nos quóruns do Sacerdócio e nos grupos da Sociedade de Socorro.

Os novos materiais para os adultos, que substituem os manuais dos Ensinamentos dos Presidentes da Igreja usados de 1998 a 2017, não afetam as classes da escola dominical.

As mensagens da Conferência Geral e os Tópicos Especiais

“Um dos motivos para a nova abordagem é dar mais ênfaze às palavras dos profetas vivos”, disse o Élder LeGrand R. Curtis, Setenta de Autoridade Geral e diretor executivo assistente do Departamento do Sacerdócio e da Família. “Não apenas vamos devotar mais tempo às mensagens proferidas pela liderança sênior da Igreja durante a conferência geral, mas também forneceremos algumas ferramentas de ensino para ajudar a tornar a instrução e discussão dessas mensagens mais ricas e significativas para os membros da Igreja”.

Os líderes locais se reunirão em conselho para decidir juntos quais mensagens da  conferência melhor satisfarão as necessidades de seus membros, e os quóruns do Sacerdócio de Melquisedeque e os grupos da Sociedade de Socorro não precisarão estudar as mesmas mensagens na mesma semana.

“Ao concentrar nosso estudo do evangelho nas palavras dos apóstolos e profetas vivos daremos ainda mais significado ao nosso estudo das ‘escrituras antigas’, disse a irmã Jean B. Bingham, Presidente Geral da Sociedade de Socorro. “Em nossas classes e quóruns ajudaremos uns aos outros a encontrar maneiras de aplicar os conselhos dos líderes em nossa vida diária e então teremos a oportunidade de compartilhar como fomos abençoados por seguir seus conselhos. Adoro como isso nos ajudará a aprender com o Espírito e uns com os outros”.

Temas especiais dos Apóstolos e Profetas

O novo currículo também fornece um mecanismo para temas de interesse particular para os apóstolos e profetas — como a recente dada ênfase ao dia do Senhor — a ser discutidos nas reuniões do quarto domingo, o Élder Curtis disse.

Um encarte adicional de oito páginas nas edições de conferência geral das revistas Liahona e Ensign incluirão as ferramentas de ensino para ajudar os membros a pesquisar, analisar e aplicar as mensagens de conferência geral, bem como os temas para as aulas do quarto domingo.

Os membros encontram as mensagens da conferência geral facilmente pelos seguintes canais:

Aconselhar-se mutuamente

As reuniões do primeiro domingo, realizadas sob a direção dos líderes do Sacerdócio de Melquisedeque e da Sociedade de Socorro da ala, são usadas para identificar necessidades locais e para aconselhamento mútuo sobre como atender a essas necessidades, de acordo com o documento Perguntas e Respostas publicado com a carta da Primeira Presidência.

“Queremos aumentar o poder que já existe no aconselhamento mútuo, não só nas reuniões de conselhos da ala e das presidências, mas também na Sociedade de Socorro e nos quóruns da Igreja”, explicou o Élder Curtis.

“Quando nos reunimos em conselho, descobrimos maneiras de erguer e fortalecer um ao outro, o que também edifica a união”, disse a irmã Bingham. “Que bênção é para cada um de nós participar do trabalho de Deus e nos tornarmos, de maneira tão natural, instrumentos para o bem!”

Temas

Possíveis temas para os conselhos no primeiro domingo incluem como melhorar a comunicação entre os membros da família, servir na comunidade e orientar os jovens da ala ou do ramo. Nas reuniões subsequentes, o quórum, o grupo ou a Sociedade de Socorro fazem o acompanhamento do que foi orientado pelo Espírito e das ações decididas.

“Estou entusiasmada e impressionada com esse novo programa. Sinto que ele é para os nossos dias”, disse Norma Joyner, presidente da Sociedade de Socorro de uma ala em Savannah, Geórgia, que participou de um piloto do novo material juntamente com 12 estacas em Utah, no México, na Califórnia e na Geórgia. “Sei que estaremos bem mais envolvidas ao escolher o assunto e os discursos que mais beneficiarão as irmãs da ala. Esta é uma época emocionante para ser membro da Igreja com todos os novos programas para nos ajudar a crescer no evangelho e ser bons cuidadores uns dos outros, de nossa família e da comunidade.”

Marc Oslund, presidente de um quórum de élderes de American Fork, Utah, que também participou do piloto, disse que usar o novo currículo ajudou a aumentar a união do quórum e a relevância das aulas. “Agora, nos sentamos em círculo e a cada semana parece que estamos em conselho. Estamos mais envolvidos e mais aplicados na vida diária do que já estivemos antes no quórum de élderes. (…) O Espírito Santo está presente com mais abundância porque estamos sempre atendendo às necessidades e preocupações atuais dos membros do quórum.

Saiba mais sobre o material de 2018

Para saber mais sobre o material de 2018 para o Sacerdócio de Melquisedeque e a Sociedade de Socorro, veja as informações em comefollowme.LDS.org, que inclui respostas às perguntas frequentes.

Depois, em novembro de 2017, assista à apresentação do novo material, juntamente com informações sobre como usá-lo:

Mais informações sobre aconselhamento mútuo estarão na edição de janeiro de 2018 da revista Liahona.

Written by Camille West and translated by Luciana Fiallo.

Source: www.deseretnews.com

 

(Visited 399 times, 1 visits today)