Falecimento do Élder Glenn L. Pace

O Élder Glenn L. Pace, Setenta Auridade Geral Emérita, faleceu no dia 16 de maio de 2017, em Bountiful, Utah, aos 77 anos de idade.

O Élder Pace serviu como membro do Bispado Presidente de 1985 a 1992 e como Setenta Autoridade Geral de 1992 a 2010.

Ele nasceu em 21 de março de 1940, em Provo, Utah, filho de Kenneth LeRoy e Elizabeth A. Wilde Pace.

Quando jovem, ele serviu na missão dos Estados da Nova Inglaterra de 1960 a 1962. Ao retornar, ele se casou com Jolene Clayson, uma jovem mulher que ele tinha começado a namorar antes de sua missão, no Templo de Salt Lake. Eles são os pais de seis filhos – quatro filhos e duas filhas.

Em 6 de abril de 1985, o Élder Pace foi mantido como Segundo Conselheiro no Bispado Presidente com o então Bispo Robert D. Hales. Ele serviu naquele chamado por sete anos antes de ser chamado para servir como um Setenta Autoridade Geral.

Em sua designação como Autoridade Geral, ele cumpriu várias atribuições. Em 1992, tornou-se o primeiro presidente da missão Sydney Austrália Norte. De 1997 a 1998, serviu como membro da Presidência Geral da Escola Dominical e, de 2001 a 2004, serviu como Segundo Conselheiro na Presidência Geral dos Rapazes.

Em seus mais de 25 anos de serviço na Igreja em chamados, ele falou nas conferências gerais oito vezes. Ele recebeu o título emérito em 1 de outubro de 2005.

Sua carreira profissional inclui trabalhos para importantes empresas de contabilidade, diretor financeiro para uma empresa de desenvolvimento de terra e, em julho de 1981, diretor-gerente do Departamento de Bem-Estar da Igreja, onde trabalhou por nove anos.

O Élder Pace obteve bacharelado e mestrado em contabilidade pela Brigham Young University e foi autor de três livros.

Ao receber seu chamado para servir no Bispado Presidente, o Élder Pace disse: “Eu sei que a santificação não vem com nenhum chamado em particular, mas com atos de serviço genuínos, muitas vezes para os quais não há um chamado particular. Agora, apesar da humildade com que me aproximo desse chamado, tenho plena confiança na minha capacidade de atuar. … Mas isso não é autoconfiança, mas confiança no fato de que o Senhor torna cada homem e mulher a altura da tarefa que lhes é dada “(Church News, 14 de abril de 1985).

Notícia via ChurchNews, do site LDS.org. Traduzido por Esdras Kutomi.

(Visited 1.556 times, 1 visits today)