Salt Lake – A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja SUD, excomungou um membro do Quórum dos Setentas que estava servindo como diretor executivo do Departamento de Correlação da Igreja.

“Hoje de manhã, James J. Hamula foi desobrigado como Setenta Autoridade Geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias após uma ação do conselho disciplinar realizada pela Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos”, afirmou Eric Hawkins, porta voz de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Hamula estava servindo como autoridade geral e membro dos Setenta há nove anos, desde que foi  chamado em abril de 2008. Ele serviu anteriormente como Presidente da Área do Pacífico e era o diretor executivo assistente para o Departamento de História da Igreja de 2014 a 2016.

Conselhos Disciplinares

Este tipo de ação é extremamente rara, mas quando necessária, um conselho disciplinar para líderes sêniores da Igreja é organizado com os membros da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze. Os líderes da Igreja disseram que espera-se que eles estejam dentro dos mesmos padrões exigidos de todos os outros membros, ou até mesmo mais elevados.

A Igreja confirmou que esta ação não foi realizada por causa de desilusão ou apostasia. “Todos as ações disciplinares da Igreja são conduzidas em completa confidencialidade.” De acordo com um artigo no site oficial Mormon Newsroom. “Os líderes da Igreja têm a solene responsabilidade de manter confidenciais todas as informações recebidas ou confessadas em entrevistas. Para proteger essa confidencialidade, a Igreja não discute os procedimentos de um conselho disciplinar”.

“Em casos raros”, diz o artigo, “a decisão resultante de um conselho disciplinar pode ser divulgada publicamente para prevenir quaisquer problemas causados por mal-entendidos”.

Fonte: Deseret News

(Visited 23.666 times, 1 visits today)