Mudanças que afetam o vestuário de todos os missionários no Brasil

As diretrizes de vestuário para os missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foram revistas para homens e mulheres que servem em áreas ao redor do mundo afetadas por doenças virais transmitidas por mosquitos, como a Dengue, Chikungunya e Zika. As novas diretrizes de saúde e segurança missionárias foram anunciadas pela Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos hoje, sexta-feira, 20 de maio de 2016.

“As grandes agências governamentais relacionadas com os cuidados de saúde e prevenção de doenças têm alertado e precavido contra a propagação de doenças virais transmitidas por mosquitos nas principais áreas do mundo recentemente afetadas”, disse o Élder Gregory A. Schwitzer, diretor executivo assistente do Departamento Missionário e presidente da divisão de Serviços de Saúde Missionária.

Nas 230 missões, ou cerca de metade das missões da Igreja, onde há risco significativo de doenças transmitidas por mosquitos, os missionários são fortemente encorajados a usar roupas que cubram a pele exposta, principalmente braços e pernas. Missionárias que servem nas missões afetadas são encorajadas a usar calças compridas durante as atividades de proselitismo. Elas vão continuar a usar saias ou vestidos ao frequentarem o Templo e durante os cultos de domingo, conferências e reuniões batismais. As missionárias serão encorajadas a usar saias longas em áreas onde não é aceitável o uso de calças por mulheres (incluindo missionárias), para se protegerem de picadas de mosquito.

As novas diretrizes se aplicam apenas durante os períodos de chuva, quando o risco de doenças transmitidas por mosquitos é alta. Essas informação serão enviadas a todos os presidentes de missão e também serão fornecidas aos missionários recém-chamados. Essas áreas incluem partes da África, Ásia, Caribe, América Central, Europa, México, Pacífico, Filipinas e América do Sul.

Além disso, a Igreja anunciou que pagará pela solução inseticida permetrina e repelentes de inseto contendo DEET  para todos os missionários em todo o mundo. Missionários de tempo integral em áreas infestadas por mosquitos têm sido incentivados por muitos anos a usar roupas tratadas com permetrina e a aplicar regularmente repelentes que contenham DEET.

“Estamos encorajando e treinando nossos missionários a aplicarem estas medidas preventivas, e também encorajamos os membros em geral a considerarem estas medidas de proteção para si mesmos e suas famílias”, acrescentou o Élder Schwitzer.

“Vamos continuar a monitorar e avaliar a propagação destas doenças e, se necessário, fazer ajustes nestas diretrizes, dando maior prioridade à saúde e segurança missionária”, disse a declaração da Primeira Presidência. “Continuamos a recomendar que os missionários evitem água parada, sempre que possível, especialmente em torno das áreas residenciais e em seus apartamentos”.

Detalhes das diretrizes revistas de vestuário e aparência missionárias podem ser encontradas online.

 

Esta notícia foi publicada em mormonnewsroom.org. Traduzido por Esdras Kutomi.

 

(Visited 9.514 times, 1 visits today)