O Presidente Russell M. Nelson e a irmã Wendy W. Nelson falam com Mark Santini depois da Conferência de Estaca Salt Lake Granger Oeste em 4 de fevereiro de 2018. O irmão Santini falou na conferência.

Conferência de Estaca

O Presidente Russell M. Nelson compartilhou uma mensagem unificadora na Conferência da Estaca Salt Lake Granger Oeste:

“Estamos todos juntos nesse trabalho.”

Apenas algumas semanas depois de ter sido designado o 17º Presidente da Igreja, o veterano líder da Igreja disse que ele já está passando por momentos inesquecíveis:

“Vocês criaram lembranças maravilhosas para a irmã (Wendy W.) Nelson e para mim”, disse o Presidente Nelson quando olhou para a vasta congregação reunida na sede de estaca.

Sua mensagem de união foi compartilhada com os membros da Estaca Granger Oeste que ficaram felizes no domingo por estar com o presidente e a irmã Nelson.

“Cheguei à conclusão que não importa muito qual é seu chamado na Igreja, o importante é servir bem nele”, ele disse. “Seu trabalho e seus chamados são tão importantes quanto o meu trabalho e o meu chamado.

A vida é muitas vezes definida pelo inesperado. Então é primordial estarmos preparados”, ele disse.

O Presidente Nelson falou sobre o Élder Von G. Keetch, Setenta Autoridade Geral que morreu no dia 26 de janeiro, apenas 10 dias depois de ajudar a coordenar a transmissão mundial que anunciou a nova Primeira Presidência.

“Ele foi chamado de volta para casa de repente. Falei no funeral dele na sexta-feira.”

O falecimento inesperado do Élder Keetch é um lembrete das incertezas da mortalidade.

“Precisamos nos preparar”, disse o Presidente Nelson. “Precisamos saber que estamos prontos para encontrar nosso Criador quando esse dia chegar”.

Nos dois discursos, o presidente e a irmã Nelson falaram sobre uma pergunta que foi feita uma vez por uma enfermeira ao Dr. Russell M. Nelson depois que ele realizou uma cirurgia difícil: “Por que não é você como outros cirurgiões?”

Alguns cirurgiões, a enfermeira conhecia bem, eram mal-humorados e profanos ao desempenhar as suas funções cheias de pressão. O Dr. Nelson respondeu: “Porque eu sei que o Livro de Mórmon é verdadeiro.”

Aquela resposta levou a enfermeira e seu marido, que também era cirurgião, a estudar o Livro de Mórmon. O Presidente Nelson mais tarde batizou a enfermeira.

Décadas passaram e o Presidente Nelson perdeu contato com o casal. O marido morreu e sua esposa depois se casou de novo. Ao presidir uma conferência de estaca no Tennessee, pouco depois de ser chamado para o Quórum dos Doze Apóstolos, o Presidente Nelson teve um reencontro inesperado com a enfermeira que, anos antes, tinha perguntado por que ele não era como alguns dos seus colegas.

A conversão da mulher, que aconteceu influência do Livro de Mórmon, resultou na conversão de mais de 80 pessoas, disse o Presidente Nelson.

Em outra ocasião, o Presidente Nelson disse que ele estava cumprindo uma designação em Gana quando ele foi apresentado a um rei tribal. Ele explicou ao rei que ele era um apóstolo de Jesus Cristo e que o Livro de Mórmon faz um relato do Cristo ressuscitado e seu ministério nas Américas.

Ele então deu de presente para o rei um exemplar do Livro de Mórmon. Ele nunca vai esquecer a resposta do rei: “Você poderia ter me dado diamantes ou rubis, mas nada é mais precioso para mim do que esse conhecimento adicional a respeito do Senhor Jesus Cristo.”

Membros da Estaca Granger Oeste têm “muitas oportunidades missionárias”, disse ele. Eles vivem no coração da Igreja e em uma comunidade enriquecida pela diversidade cultural. Haverá muitas oportunidades para compartilhar o Livro de Mórmon e o evangelho de Cristo.

“Então estejam prontos”, ele disse. “Estejam prontos para explicar sobre a Igreja.”

O Presidente Nelson disse que a doutrina salvadora da Expiação é totalmente revelada no Livro de Mórmon. Por causa da Expiação, uma pessoa que é obediente aos mandamentos do Senhor e faz convênios sagrados “pode qualificar-se para a maior de todas as bênçãos — a vida eterna.”

Evitem a pornografia, sejam bons exemplos e “desfrutem a alegria do evangelho”.

O Presidente e irmã Nelson visitaram a família Keetch pouco tempo depois da morte do Élder Keetch. O lar estava cheio de paz e fé mesmo em um momento de tristeza e luto. Eles encontraram força por meio de orações e bênçãos do sacerdócio.

Era como estar num templo — “um local sagrado para o Senhor.”

Tornem “seus lares” locais sagrados para o Senhor, aconselhou o Presidente Nelson.

Ele concluiu conferindo uma bênção apostólica para que os membros da estaca Granger Oeste sejam bons exemplos; focando a vida no templo e no Senhor.

Em seu discurso, irmã Nelson prestou testemunho do papel fundamental e orientador que o Livro de Mórmon desempenha em todos os aspectos da vida. Todos eles podem oferecer a mesma resposta uma vez dada pelo Dr. Nelson: “Porque eu sei que o Livro de Mórmon é verdadeiro.”

Perguntas para os santos dos últimos dias sobre por que eles pagam o dízimo, ajudam os outros, participam de várias reuniões da Igreja, vestem-se modestamente ou evitam drogas ou álcool podem ser respondidas com a mesma resposta.

“Porque eu sei que o Livro de Mórmon é verdadeiro.”

Ela incentivou os membros a discutir sobre essa “resposta” na noite familiar e em outras ocasiões.

“Conversem de coração para coração sobre o que vocês sabem que é verdade”, ela disse. Ela acrescentou que os membros podem desfrutar de paz ao incluírem o Livro de Mórmon na vida diária.

A irmã de Nelson também elogiou os membros da Estaca Granger Oeste por seu compromisso com o trabalho de história da família e o trabalho missionário. Muitos são ansiosamente aguardando a rededicação do Templo de Jordan River, Utah, que se aproxima, o “templo deles”.

O Presidente de Estaca Granger Oeste, Duane R. Kendell, incentivou os membros a concentrar-se em Cristo simplificando a vida pessoal e as prioridades familiares. Simplificar o serviço aos outros, também resultará em muitos sendo resgatados.

Outras pessoas que discursaram ou prestaram testemunho na conferência foram a missionária que voltou recentemente da missão, Franchessca Panoussi; o líder do sacerdócio local Mark Santini e sua mãe, Ann Santini; o Presidente Bruce Clark da Presidência de Templo de Jordan River e sua esposa, a irmã Glenys Clark, uma assistente da diretora do templo; e Don H. Staheli, secretário pessoal do Presidente Nelson.

Escrito por Jason Swensen e traduzido por Luciana Fiallo Alves

Fonte: DeseretNews

Relacionado:

Histórias da vida do Presidente Russell M. Nelson

O que o Presidente Nelson me ensinou sobre apoiar os líderes da igreja