Firme crença em Deus

Um sobrevivente do massacre em Las Vegas disse à CNN que agora ele tem uma firme crença em Deus.

Durante o programa “New Day” da CNN, Taylor Benge contou como sobreviveu ao tiroteio no último domingo, que matou 59 pessoas, e feriu mais de 500 pessoas.

Benge disse que sua sister pulou em cima dele para proteger seu irmão. Os dois irmãos eventualmente escaparam sem ferimentos.

“Minha irmã e eu corríamos para a esquerda cada vez que eles atiravam, e nós achamos abrigo. Minha irmã, sendo muito nobre, se jogou em cima de mim e disse ‘Eu te amo Taylor, eu te amo’. Eu nunca vou esquecer disso. ”

Binge disse que o momento mudou sua crença em Deus.

“Eu era agnóstico”

“Eu sei que não posso falar por todo mundo, mas para mim.. Eu era um agnóstico quando fui naquele concerto, agora eu tenho uma crença firme em Deus porque não é possível que tudo aquilo tenha acontecido, e eu tenha escapado vivo e estar falando aqui com vocês. ”

Benge disse ao Washington Post que ele ouviu os tiros, mas não percebeu que eram tiros até ver um homem ao seu lado com um ferimento de bala em seu queixo.

“Ele se encontrava sem vida caído no chão,” Disse Benge, de acordo com o jornal The Washington Post.

Fonte: Deseret News

Declaração da Igreja

Eric Hawkins, porta-voz de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, emitiu a seguinte declaração na segunda de manhã sobre o tiroteio em Las Vegas que ocorreu domingo à noite:

“A todos os afetados pelos acontecimentos terríveis em Las Vegas, nós oferecemos nossas mais profundas condolências e orações sinceras. Oramos por aqueles que estão de luto pela perda de entes queridos, e por aqueles que estão buscando recuperar-se das feridas físicas e emocionais que estão sofrendo. Que Deus os abençoe com a paz e o consolo que somente Ele pode prover em momentos tão trágicos e comoventes como esse.”

Saiba mais aqui.

(Visited 443 times, 1 visits today)