É realmente difícil não receber uma resposta imediata para uma oração sincera sobre algo que desejamos muito. É ainda mais difícil quando o Senhor responde “não” para algo que é um desejo justo e que nos traria grande alegria e felicidade. Quando desejamos superar doenças ou solidão, que um filho mude seu comportamento, que sejamos capazes de lidar com deficiências físicas, ou que um ente querido que está indo para a próxima vida fique um pouco mais, parecesse ser justo ter uma resposta favorável à nossa felicidade. É difícil entender porque não recebemos os resultados desejados ao exercer uma sincera e profunda fé vinda de uma vida de obediência.

um chamado

“Por que isso tem que acontecer comigo?”

Ao passar por isso, perguntar “Por que isso tem que acontecer comigo?”, “Por que eu preciso sofrer agora?”, “O que eu fiz para causar isso?” vai nos guiar a ruas sem saídas. Ao invés, pergunte, “O que eu devo fazer?”, “O que eu devo aprender com essa experiência?”, “O que eu devo mudar?”, “Quem eu devo ajudar?”, “Como posso lembrar de minhas bênçãos durante esta época de dificuldades?”

Sacrificar de própria vontade nossos desejos profundos e pessoais para fazer a vontade de Deus é difícil de se fazer. Mesmo assim, se você orar com real intenção dizendo “Por favor, que eu possa saber Tua vontade,” e “Que Sua vontade seja feita,” você está na melhor posição de receber o máximo de ajuda de nosso Pai Celestial.

Esta vida é uma experiência de confiança profunda – confiança em Jesus Cristo, confiança em Seus ensinamentos, confiança em nossa capacidade ao ser guiados pelo Espírito Santo de obedecer estes ensinamentos para adquirirmos felicidade agora e um existência eterna supremamente feliz e cheia de propósito. Confiar significa obedecer de própria vontade sem saber o fim no começo (Ver Provérbios 3:5-7). Para produzir frutos, sua confiança no Senhor deve ser mais poderosa e duradoura que sua confiança em suas experiências e sentimentos pessoais.

disciplina

Exercer Fé

Exercer fé é confiar que o Senhor sabe o que Ele está fazendo com você e que Ele pode fazer as coisas pelo seu bem apesar de você não entender como ele poderia fazê-lo. Somos como crianças em nosso entendimento sobre assuntos eternos e o impacto deles aqui em nossa mortalidade. Mesmo assim, há época em que agimos como se soubéssemos de tudo. Quando você enfrentar desafios para os propósitos do Senhor, ao confiar e exercer fé Nele, Ele o ajudará.

Como eu sou grato pelo Salvador ter ensinado que devemos concluir nossas orações mais urgentes e profundas, quando oramos pelo que é mais importante para nós, com “Faça-se a tua vontade” (Mateus 26:42). Sua disposição de aceitar a vontade do Pai não mudará o que Ele escolheu fazer em Sua sabedoria. Entretanto, isto mudará o efeito dessas decisões em sua vida. Esta evidência do exercício apropriado do arbítrio permitirá que as Suas decisões produzam grandes bênçãos em sua vida. Sei disso porque o desejo de nosso Pai para nós é que nós cresçamos. Ele nos dá impressões que são gentis e quase imperceptíveis que se estivermos dispostos a aceitar sem reclamar, Ele aumentará até se tornar uma indicação bem clara de Sua vontade. Este entendimento vem por acusa de nossa fé e nossa disposição de fazer o que Ele pede mesmo que desejemos outra coisa.

primeira presidência testifica de Jesus Cristo

“Christ and Mary at the Tomb” por Joseph Brickey

O que nós precisamos

Nosso Pai Celestial o convida a expressar suas necessidades, esperanças, e desejos a Ele. Isto não deve ser feito em um espírito de negociação, ao invés disso, deve ser feito com uma disposição de segui-Lo independentemente da direção que isso levar. Seu convite, “Pedi e recebereis” (3 Néfi 27:29) não garante que você vai receber o que você quer. Garante que, se estiver digno, você receberá o que você precisa, de acordo com um Pai que ama você perfeitamente e quer que você tenha felicidade eterna mais do que você deseja.

Reconhecer a mão do Senhor em sua vida e aceitar Sua vontade sem reclamar não remove os desafios que vem para o seu crescimento. Mas eu testifico que é a melhor maneira para você adquirir força e entendimento. Isto o libertará dos becos sem saída de sua própria razão. Isto permitirá que sua vida se torne uma experiência produtiva e significativa, que você não saberia alcançar de outra forma. (ver D&C 24:8).

O plano do Senhor é exaltar você para viver com Ele e ser grandemente abençoado. O ritmo no qual você se qualificará para isto é determinado por sua capacidade de amadurecer, crescer, amar, e doar de si mesmo. Ele o está preparando para se tornar como Ele é. Você não consegue compreender totalmente o que isto significa, mas Ele compreende. Ao confiar Nele, buscar e seguir Sua vontade, você receberá bênçãos que sua mente limitada não pode compreender aqui na Terra.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Qual será o motivo de Deus ser geralmente silencioso?