A Primeira Presidência de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou que haverá uma comemoração em Salt Lake City marcando o aniversário de 40 anos da revelação sobre o sacerdócio de 1978.
40 anos atrás, o Presidente Spencer W. Kimball anunciou que as bênçãos do sacerdócio seriam estendidas a todos os filhos de Deus em todos os lugares do mundo. A comemoração mundial será transmitida a partir do centro de conferências na Praça do templo. Será na sexta-feira, 1 de junho de 2018, às 7:00 p.m. (Horário Padrão das Montanhas Rochosas). Mais detalhes serão anunciados em uma data posterior.“Porque te conferi as chaves e poderes do sacerdócio, pelo qual restauro todas as coisas; e faço-te saber todas as coisas no devido tempo” (D&C 132:45).

Sobre o sacerdócio e os negros

Em junho de 1978, o Presidente Spencer W. Kimball recebeu uma revelação permitindo a ordenação ao sacerdócio de todos os membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias do sexo masculino (Declaração Oficial 2). Antes dessa época, somente os membros dignos da Igreja do sexo masculino que não tivessem antepassados negros africanos eram ordenados ao sacerdócio.

Informações Adicionais

Desde os templos bíblicos, o Senhor determinou por meio de Seus profetas quem poderia receber o sacerdócio e outras bênçãos do evangelho. Entre as tribos de Israel, por exemplo, somente os homens da tribo de Levi recebiam o sacerdócio e tinham permissão de oficiar em certas ordenanças. Da mesma forma, durante o ministério terreno do Salvador, as bênçãos do evangelho se restringiam aos judeus. Somente depois de uma revelação dada ao Apóstolo Pedro foi que o evangelho e o sacerdócio foram concedidos a outras pessoas (ver Atos 10:1–33; 14:23; 15:6–8).

Com a revelação dada ao Presidente Kimball, em 1978, o sacerdócio hoje está disponível a todos os membros dignos do sexo masculino, seja qual for sua raça ou origem étnica (ver Declaração Oficial 2). Todo candidato a essa ordenação é entrevistado por líderes do sacerdócio para garantir que ele compreenda os princípios de retidão estabelecidos e concorde em vivê-los (ver Doutrina e Convênios 84:33–44; 121:34–46).

Fonte: Mormonnewsroom.com.

Relacionado:

O Racismo e o Evangelho de Cristo