Em uma recente visita à Alemanha, o Élder Dieter F. Uchtdorf reuniu-se com a chanceler alemã em uma reunião histórica e participou de uma homenagem às vítimas do Holocausto no campo de concentração de Sachsenhausen. Enquanto refletia sobre sua experiência em Sachsenhausen, o Élder Uchtdorf compartilhou uma mensagem emocionante no Facebook sobre um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que foi executado pelo governo alemão em 1942. Ele também compartilhou uma mensagem inesquecível sobre o poder do amor:

Hoje estou na Alemanha com o senador norte-americano Orrin Hatch. Ontem visitamos o campo de concentração de Sachsenhausen, onde levamos uma grinalda em homenagem às vítimas do Holocausto. Entre os anos de 1936 e 1945, aproximadamente 30.000 pessoas foram mortas neste campo. É angustiante percorrer os caminhos por onde andaram e imaginar o que tiveram que suportar. Essa experiência me trouxe pensamentos e sentimentos que tive recentemente quando visitei a Prisão de Plötzensee em Berlim, o local da execução de Helmuth Hübener.

Para quem não conhece a história, Helmuth Hübener era um jovem rapaz mórmon da Alemanha. Ele foi executado aos 17 anos quando os nazistas descobriram que ele estava ouvindo transmissões da BBC e que ele havia distribuído panfletos dessas transmissões. O governo alemão condenou-o por traição e executou-o em Plötzensee em 1942.

É triste quando pensamos no caminho de dor e sofrimento inimagináveis ​​daqueles que se tornaram vítimas do terrorismo nazista. Isso pode nos ajudar a ser mais conscientes das pessoas que sofrem hoje como resultado de intolerância. Em nossa própria esfera de influência, oro para que o amor de Deus e de nosso próximo esteja na centro de tudo o que fazemos.
O amor é o elo que une famílias, comunidades e nações. O amor é o poder que inicia amizade, tolerância, civilidade e respeito.

É a fonte que supera a divisão e o ódio. O amor é o fogo que aquece nossas vidas com uma alegria inigualável e uma esperança divina. O amor deve estar em nossas caminhadas e nossas conversas.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Élder Uchtdorf visita chanceler alemã Angela Merkel em Berlim