Questão:

Gramps. Por que existe uma seção restrita nos arquivos da Igreja?

Andrew

Resposta:

Caro Andrew,

Provavelmente, a melhor maneira de responder isso é citar diretamente do lds.org (em inglês) no que diz respeito a política de acesso aos arquivos da Igrea:

“O Departamento de História da Igreja armazena seus arquivos em instalações localizadas em todo o mundo e comprometeu-se a disponibilizar suas coleções ao público através de meios físicos e eletrônicos, sem comprometer os arquivos que são sagrados, confidenciais, privados ou restritos de forma legal, ética ou religiosa. As restrições podem ser colocadas em arquivos, itens, e coleções por estatutos ou regulamentos, pelos criadores, doadores dos registros, líderes eclesiásticos da Igreja e o pessoal da História da Igreja após uma revisão cuidadosa. O catálogo on-line disponível para o público indica restrições para itens específicos e coleções.

Ao administrar o acesso, o Departamento de História da Igreja segue essas definições gerais:

Sagrado: Itens que fornecem informações específicas sobre ritos e cerimônias do templo ou outros assuntos sagrados que não foram oficialmente aprovados para lançamento. Itens sagrados podem, em alguns casos, incluir registros, itens publicados, arte e artefatos produzidos de forma privada

Privado: itens que contêm informações protegidas pelas leis de privacidade aplicáveis.

Confidencial: registros produzidos no curso de negócios da Igreja que ocorrem em ambientes não públicos. Os registros confidenciais são encontrados principalmente nos registros oficiais da Igreja e em artigos criados em particular por Autoridades Gerais, oficiais da Igreja, funcionários da Igreja, líderes eclesiásticos, funcionários e outros que ocupam cargos de confiança.

Criador ou doador definido: restrições impostas por criadores de itens e / ou doadores durante o processo de adesão ou aquisição.

Propriedade intelectual: itens que contêm informações de propriedade de terceiros e regidos pelas leis de direitos autorais nacionais e internacionais. Os direitos de autor podem limitar a reprodução ou a publicação de itens em nossas coleções.

Difamação: itens que contêm informações conhecidas por difamar uma pessoa conforme definido por lei.

Características físicas: itens que precisam de manipulação ou conservação especiais, itens armazenados em mídia obsoleta e itens de valor monetário significativo podem ser restritos temporariamente ou indefinidamente. Serão feitos esforços razoáveis ​​para preparar cópias publicamente acessíveis desses itens.

Localização: os itens armazenados fora do local, em armazenamento frio, em uma jurisdição legal que proíbe o compartilhamento transfronteiriço, ou exibidos em uma exposição, podem não estar imediatamente disponíveis para acesso. Serão feitos esforços razoáveis ​​para acessar os itens ou para preparar cópias publicamente acessíveis desses itens.

Trabalhar em processo: os itens ou coleções que estão sendo processados ​​após a aquisição ou foram removidos do armazenamento para conservação, digitalização ou exibição não serão acessíveis aos pesquisadores até que o processo de trabalho seja concluído.”

Esse artigo foi escrito em Inglês e traduzido por Inaê Leandro. Para ler o artigo original, clique aqui.

(Visited 701 times, 1 visits today)