Pergunta:

Por que o Livro de Mórmon em Alma 7:10 afirma que Jesus nasceria em Jerusalém se a Bíblia ensina claramente que Jesus nasceu em Belém?

Alecsandro, RJ


Resposta:

Olá Alecsandro,

A questão proposta é válida e apesar de frequentemente ressurgir como novidade, é praticamente tão velha quanto a própria existência da Igreja em tempos modernos. Uma leitura superficial de Alma 7:10 fará com que até o mais leigo dos leitores identifique o que parece ser uma inconsistência e erro grotesco no texto do Livro de Mórmon. Entretanto, há diversos pontos cruciais para o entendimento do versículo em questão, que os mesmos olhos leigos será provavelmente incapaz de observar caso não faça uma análise contextual dos fatos citados. Analisemos o versículo e em seguida alguns desses pontos:

“E eis que nascerá de Maria, em Jerusalém, que é a terra de nossos antepassados(…)” Alma 7:10

1. Alma 7:10 anuncia o nascimento de Cristo “em Jerusalém,” e logo em seguida se refere ao local como “a terra de nossos antepassados.” Alma em nenhum momento declara que Jesus nasceria “na cidade de Jerusalém,” mas “em Jerusalém” o qual tanto em tempos antigos como modernos inclui outras cidades como fazendo parte de sua “terra.” A cidade de Belém está localizada a apenas 8 kilômetros de distância de Jerusalém, sendo naturalmente parte da “terra de Jerusalém.” Até mesmo cidades como Hebron, localizada a 40 kilômetros de Jerusalém, é considerada historicamente como parte da terra de Jerusalém.

Continue lendo o restante do artigo no Intérprete Nefita

(Visited 773 times, 1 visits today)