Millennials têm sido caracterizados por algumas pessoas como uma geração preguiçosa, intitulada, narcisista, “sensitiva” que precisa de cobertores e bichinhos de estimação para conseguir suportar o dia a dia. Embora conheçamos alguns millennials que se enquadram nesta descrição, eles também são considerados como confiantes, positivos, flexíveis a mudanças, e dispostos a ter uma mente aberta.

Millennials mórmons

Como os millennials mórmons se encaixam no conceito que a sociedade tem da geração da internet? Esta é uma questão que o HuffPost tentou responder com sua turnê “Listen to America” por 25 cidades dos EUA. No dia 18 de outubro, o ônibus do HuffPost para em Provo, Utah, para entrevistar residentes e tentar ter uma ideia do que os mórmons sentem sobre ser um millennial.

Foi transmitida uma transmissão ao vivo do Facebook com perguntas e respostas e a participação de estudantes de jornalismo da BYU Carley Porter, Eric Baker, e Ashley Lee. Algumas das questões apresentadas no painel focaram em como os millennials mórmons diferem do restante da população, enquanto outras questões focaram em como os jovens mórmons contrastam com as gerações anteriores de sua religião.

Os palestrantes concordaram que, em diversas maneiras, millennials mórmons são tão diversos quanto os não-membros. Entretanto, de acordo com Baker, seu perfil religioso os influencia a buscar estudos e carreiras em áreas que os permitam fazer o bem e melhorar o mundo.

 

Mais conservadores

Todos os três estudantes concordaram que, embora millennials mórmons sejam ainda mais conservadores que seus colegas, suas opiniões políticas estão diferindo das inclinações conservadoras de seus pais. Certamente, jovens mórmons estão focalizando seu apoio em causas que sejam mais importantes para eles ao invés de apoiar um grupo político específico.

Outras mudanças que os palestrantes enfatizaram incluem uma abordagem menos rígida nos papéis de cada gênero, a crescente autoridade e visibilidade das mulheres na Igreja, e uma atitude mais empática em relação a divórcio, doenças mentais, abusos sexuais, e membros da comunidade LGBT.

Quando perguntado sobre as mudanças que eles gostariam de ver na Igreja eles ficaram mais divididos. Baker pareceu pensar que millennials serão o instrumento que pode influenciar mudanças de diretrizes para trazer alguns ensinamentos da Igreja mais próximo de sua afirmação de amar a todos.

Mas vendo por outro ângulo, Poter mencionou que a Igreja pode estabelecer limites rígidos sobre alguns assuntos porque mórmons acreditam que são guiados pela vontade do Senhor e que Ele não muda.

A influência da Religião

Os pontos de vista de alguns palestrantes fizeram parte de um artigo colaborativo escrito pela repórter Melissa Jeltsen, do HuffPost, com contribuições de estudantes que trabalham no The Daily Universe. Os repórteres entrevistaram sessenta estudantes de três universidades de Utah, com perguntas voltadas para as opiniões políticas de millennial mórmons, incluindo “como sua religião influencia sua visão política, como eles usam mídias sociais e fonte de notícias.”

Embora o HuffPost deixe claro que os resultados estão longe de ser científicos, podemos ver alguns destaques. Os millennials mórmons dizem que eles “consideram a religião quando votam, especialmente quando a votação é sobre problemas sociais.” Eles também relutam em associar a qualquer um dos dois partidos políticos dominantes, entretanto, a maioria se considera um pouco mais liberal do que seus pais. Por fim, a maioria dos participantes não confia em informações de mídias sociais ou meios de notícia tradicionais.

Eu acredito que seja seguro de se dizer que o HuffPost pode ter descoberto uma variante maior de pontos de vista se eles tivessem feito mais entrevistas, ou consultado estudantes mórmon de departamentos diferentes além de jornalismo e comunicação. Mas eu também penso que está claro que a nova geração de membros da Igreja estão se abrindo para ideias que gerações anteriores não teriam considerado.

Os tempos estão mudando, e seja para melhor ou para melhor, millennials mórmons estão mudando com eles.

Fonte: MormonHub

(Visited 591 times, 2 visits today)